Apoiamos os nossos 1500 sócios produtores a reduzir o impacto ambiental quando a plantação de batata. Supervizamos de perto a sua actividade ajudando-os a optimizar a plantação, o crescimento e a colheita de batata de uma forma responsável. Fazemos isto há mais de 30 anos.

De maneira a alcançar os nossos compromissos para uma maior agricultura sustentável , a McCain centra-se em 4 áreas principais:

1- CUIDAR DOS PRODUTORES ATRAVÉS DE PARCERIAS DE LONGA DURAÇÃO

De facto, 80% dos nossos sócios produtores trabalham connosco há mais de 10 anos. Os nossos parceiros Europeus partilham os nossos valores: 100% estão comprometidos com um processo de certificação sustentável para as suas plantações de batata e são auditados anualmente por um terceiro parceiro independente. Os programas de certificação (VVA, Vegaplan, GlobalGAP®1) cobrem, entre outras coisas, boas práticas de agricultura em termos de segurança alimentar e proteção ambiental. Trabalhamos de mãos dadas com os nossos parceiros, a longo-prazo, levando-lhes a experiência dos nossos 30 engenheiros agrónomos para os ajudar a optimizar o rendimento e a qualidade da colheita.Também oferecemos aos nossos sócios produtores contratos de vendas plurianuais, o que lhes dá visibilidade em termos de ganhos e a investimentos futuros.

2- REDUZIR O CONSUMO DE ÁGUA ATRAVÉS RESTRIÇÕES DE IRRIGAÇÃO

Hoje (apenas) 25% dos campos são irrigados.

Os nossos produtores Europeus usam sistemas de irrigação por aspersão para complementar as chuvas durante as fases de cultivos. Esses sistemas permitem que nossos produtores programem a irrigação para quando as plantações mais precisam. No total, apenas um quarto dos campos destinados ao uso da McCain são irrigados, respeitando as legislações europeias, nacionais e locais. Duas quintas de batatas na Polônia instalaram um sistema de irrigação por micro-irrigação, que permite que a água pingue regular e diretamente nas raízes das plantas. Isso aumenta a eficiência da água e da energia.

3- CUIDAR DO SOLO ATRAVÉS DA REDUÇÃO DO USO DE PRODUTOS DE PROTEÇÃO DE PLANTAS

Já alcançámos 25% d redução em pesticides e limitámos o uso de nitrógeno nos últimos 10 anos. A quantidade de ingredientes ativos dos pesticidas usados nas plantações destinadas à McCain na Europa Contineta foi reduzido em 25% nos últimos 10 anos (2006-2016), o equivalente a 1000 toneladas. Isto vai de mãos dadas com um estudo que concluímos sobre pesticidas que têm um impacto ambiental menor. Durante um período semelhante (2007 – 2016), o uso de nitratos (um tipo de fertilizante) foi limitado em 8% por hectare cultivado na Europa Continental.

4- CUIDAR DO FUTURO INOVANDO EM QUINTAS SUSTENTÁVEIS

São 10 as quintas piloto na Europa onde a McCain está a experimentar métodos agrícolas mais susentáveis.

Em quintas Belgas, Holandesas, Polacas e Francesas selecionadas, queremos encontrar novas maneiras de melhorar e continuar a progredir em direção a um futuro sustentável. O nosso objectivo é reduzir a utilização de produtos fitofarmacêuticos (em comparação com a utilização média durante 2013-2015) em 20% nas nossas explorações agrícolas, garantindo simultaneamente a qualidade e um elevado rendimento agrícola, protegendo simultaneamente o solo. Ao mesmo tempo, 60 das nossas explorações implementaram planos de ação para preservar a biodiversidade após uma análise e uma campanha de consciencialização. Não paramos por aí, comprometemo-nos a fazer ainda melhor no futuro. Para 2020, a McCain planeia reduzir a quantidade de água usada para irrigação em 7% para cada tonelada de batatas cultivadas. E reduzir o uso de pesticidas e nitratos em 10% em todas as explorações com base no uso médio durante 2013-2015, implantando rapidamente o uso de novas tecnologias, cultivando variedades de batatas mais resistentes e resilientes, e outras soluções alternativas.